top of page

As aulas serão sempre às quintas-feiras

|

Aracaju - Sergipe - Brasil

Eletiva "O Quadrado de Pirro: Aracaju no Xadrez" - Prof. Heriberto de Souza (1.ª Edição 2024)

Não há mais vagas para esta Eletiva
Escolha outra disciplina
Eletiva "O Quadrado de Pirro: Aracaju no Xadrez" - Prof. Heriberto de Souza (1.ª Edição 2024)
Eletiva "O Quadrado de Pirro: Aracaju no Xadrez" - Prof. Heriberto de Souza (1.ª Edição 2024)

Horário e local

As aulas serão sempre às quintas-feiras

Aracaju - Sergipe - Brasil

Convidados

Sobre o evento

O Quadrado de Pirro: Aracaju no Xadrez

Aracaju nasceu em um quadrado, o de Pirro. Explico-me: Sebastião Pirro, um político e engenheiro militar brasileiro, aceitou o desafio, feito pelo então presidente da província de Sergipe, Ignácio Barbosa, e do Barão da Maruim de planejar, às margens do Rio Cotinguiba (atual Sergipe) uma nova capital para o Estado: Aracaju. Isso se deu em meados do século XIX, por volta do ano de 1854.

A antiga capital de Sergipe, a cidade de São Cristóvão, a exemplo de tantas outras do nordeste brasileiro (Salvador, Olinda ...), por estar presa entre montanhas e assentadas no alto de colinas, não dispunham de um porto moderno para o escoamento satisfatório de seu principal produto de exportação, o açúcar. Eis que nasce - por uma exigência imperativa da economia, sobretudo, canavieira - a cidade de Aracaju.

Assim, às margens do rio Sergipe, o engenheiro Pirro idealizou Aracaju sob a forma de um quadrado muito semelhante a um tabuleiro de xadrez. E tudo aconteceu conforme o planejado: a atual e moderna Aracaju nasceu entre o hoje mercado Albano Franco e a praça Fausto Cardoso, estendendo-se, em profundidade, até o parque Teófilo Dantas, atual praça da catedral metropolitana.

A nossa eletivaobjetiva conhecer um pouco desta saga da criação da primeira capital (para alguns) planejada do Brasil. Sim, isso mesmo, a nossa cidade é, senão a primeira, uma das primeiras cidades planejadas do país. A nossa intenção é que você, caro aluno, conheça um pouco dessa história. Esse conhecimento dar-se-á tanto por meio de texto e fotos quanto por visitação presencial aos principais monumentos, praças e museus históricos da nossa querida filha de Seu Inácio, terra de papagaios e cajueiros, a ainda jovem Aracaju.

Tá afim? Se sim, junte-se a nós, vai ser divertido, eu acho.

Professor Herbert de Souza

Compartilhe esse evento

bottom of page