top of page

Argumentação + tese: um “feat.” de sucesso

A parceria estabelece uma relação de colaboração entre ideais, princípios, instituições e demais entidades. Logo, com a argumentação não poderia ser diferente. Mas, o que é argumentar?

Bom, o site de informações educacionais Cola da Web descreve que argumentar é defender uma ideia ou opinião alegando uma série de motivos que as apoiem, a fim de levar um interlocutor (a pessoa com quem se conversa) a aceitar como válida essa ideia ou opinião. Deste modo, a eficiência da argumentação depende do quanto você pode convencer e firmar os seus argumentos. Assim, é preciso levar o leitor a um “beco sem saída”, onde ele seja obrigado a concordar com os argumentos expostos.

Conforme um dos maiores portais de educação em nosso país, o Brasil escola explica que a palavra tese provém do grego thesis e significa proposição intelectual. Sendo assim, ela é a parte fundamental para a existência de um texto argumentativo, uma vez que busca o intuito, a base, o posicionamento e a finalidade em relação ao que foi apresentado para discussão.

Para garantir o suporte da tese, é preciso levar em conta a principal função social do texto argumentativo: a defesa de nosso ponto de vista. Logo, o sucesso desse tipo de texto consiste num feat. (featuring = “em parceria”) entre a argumentação e a tese que coloca em prática o posicionamento crítico sobre o assunto em questão.


Fonte: Brasil Escola (2021).


Com a chegada do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio confira abaixo as dicas e técnicas propostas pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) para a tão sonhada prova de redação.

  • Desenvolva o hábito da leitura: Além de estimular o cérebro e ajudar na compreensão e organização do raciocínio, a leitura amplia o vocabulário e permite com que a grafia das palavras seja assimilada mais facilmente.


  • Crie uma linha de argumentação: É primordial criar uma linha de argumentação, com aspetos que, realmente, afirmem a sua tese e sejam coerentes com a sua opinião.


  • Utilize informações confiáveis: Tenha cuidado ao fazer a seleção de argumentos para o seu texto, prefira utilizar dados de fontes responsáveis e legítimas, como órgãos governamentais, empresas de pesquisa e veículos de comunicação.


  • Pratique bastante: Leve isso como um mantra e treine muito. Além do mais, a escrita é uma habilidade que precisa ser aprimorada, visto que quanto mais você pratica, melhor fica a sua redação. Por isso, inclua na sua rotina algum tempo para se dedicar à escrita. E nas tarefas do dia a dia, como se comunicar com um amigo, por exemplo, prefira desempenhá-las escrevendo. Dessa forma, você também acaba exercitando a atividade.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page